21 fevereiro 2011

Marvão - BTT Raiano (Dia D - 5)

A melhor parte numa saída deste tipo é a sua preparação. Gosto de prever, espreitar e perceber por onde vou andar, o que, com a miríade de fontes disponíveis, é tarefa até muito fácil.
Desta vez a zona oferece-nos inúmeros pontos de interesse e vou aproveitar este post para ir enumerando alguns que for descobrindo até ao dia da volta. Assim esqueço-me, ainda que fugazmente, dos 60 e tal kms previstos para o sábado.

A Raia
A atmosfera raiana é especial. Estas zonas transfronteiriças gozam de características culturais muito próprias e são ricas em lendas, histórias e muita malandrice. Para lerem um pouco mais sobre este assunto, nada melhor que os textos de um raiano alentejano. aqui.

A Geologia
Quando olhei para o traçado do Luis no google earth, uma estrutura geológica chamou-me logo a atenção pela extensão. Acabei por perceber que se trata das "Peñas de Puerto Roque", um spot de escalada famoso. Eis uma descrição, que podem consultar na íntegra aqui: "... começa em Marvão onde se eleva bastante (857m), formando um pequeno anticlinal apertado ... Em Espanha forma uma crista estreita mas muito saliente e rectílinea que se alonga para sueste por mais de 20km". O trilho desenhado pelo Luís, sobe aos 900m (ai) acompanha esta crista, no topo, em toda a sua extensão (eu devo cortá-la a meio, eheh, sempre poupo ali uns kms).

PL

2 comentários:

Brites disse...

Pessoal... Recomendação de quem já pedalou por aquelas bandas... Levem a máquina fotográfica com as baterias carregadas... Ou então, preparem bem a memória... Aquela zona é LINDISSIMA... Abraço...
Ass: Trinca-Tudo
Luis Brites

João Tremoceiro disse...

Brites, o que é que deste ao Paulo para ele estar assim com esta vontade toda ?????