31 janeiro 2011

Sintra - St. Eufénia, 30 Janeiro de 2011

O Hugo já tinha esta volta pensada à muito tempo. Agora que está a ficar em forma começou a ficar atrevido. Reservou 30Km em Sintra, num percurso que teria novidades para todos nós. A proposta era subir até St. Eufémia seguindo um percurso retirado da internet. Este é um daqueles percursos que, depois de feito, nos coloca questões interessantes. Que tipos fazem na mesma volta subidas exigentes e descidas de puro downhill? Que raio de bicicletas têm? Arrastam 17Kg de bicla pelas subidas para depois conseguirem fazer aquelas descidas? Descem a pé?

Mas lá estávamos nós na barragem do rio da Mula às 8.30 da matina. Quando cheguei só lá estava o Brites, estranho, depois chegou o Hugo, ainda mais estranho (está provado que a culpa dos atrasos é do Tiago) e só depois os TPOs, ainda mais estranho. Estes compareceram desfalcados do Nuno e da Filipa - que é de vocês, voltem que fazem cá falta.

E a volta lá se fez, com muita subida e umas descidas rápidas. Acho que passámos por todas as lagoas de Sintra, vimos quintas românticas invejáveis, o Rui o Brites e o Pirex trocaram elogios durante todo o percurso, enfim, o habitual.

Saímos da Barragem do Rio da Mula, passamos pela Lagoa Azul, depois por umas Quintas bem bonitas a Norte da Casa das Freiras de Linhó, subimos para St. Eufénia (grande subida, bom pavimento mas exigente), onde apreciamos a paisagem com o Palácio da Pena nas costas.

 A Lagoa Azul

O Brites a roubar lenha na Lagoa Azul

St. Eugénia - Pirex, Brites e Rui (tão amigos que eles são)

Pirex o Conquistador da Serra

Dali fomos para a Cruz Alta, depois uma descida para Monserrate, Capuchos e a subida para o Monge. Ali, com pouco mais de 20Km, antes de subir o Monge o Brites teve de ir para casa. Alguns dizem que desistiu, aquilo estava a ser exigente para ele. Mas fez mal, perdeu uns troços muito ao estilo dele pois do Monge passamos perto da Peninha e descemos para a Malveira da Serra onde subimos novamente para Pedra Amarela. Dali foi descer que nem doidos para a partida – íamos perdendo o Rui (aquela bicicleta de carbono não lhe está a fazer bem).

Outros que acrescentem mais informação e fotos. Deixo a estatística e o mapa do percurso (a azul o que realizamos e a verde o que futuramente deveremos fazer.










8 comentários:

Férias disse...

Eugénia!?!!? quem é a Eugénia?!?!? A nova PT?

João Tremoceiro disse...

Já corrigi.

Pirex disse...

JT, grande volta. Aliás, Hugo, grande volta. Mas agora que ninguém nos ouve, tu não vais connosco à Serra da Estrela pois não? Mas se por acaso quiseres ir avisa :). Depois deste post já não sei se ponho as minhas fotos...
Abraço
Pirex

Férias disse...

Serra da Estrela ? Quando? Achas que não me aguento?!?!Ando com uma sede...
Põe lá as tuas fotos, aposto que estão espectaculares..

Pirex disse...

O coment da Serra éra para o JT :)

João Tremoceiro disse...

Estava a pensar ir à Serra da Estrela, mas não queres que vá? É isso? É que eu fiquei com aquele restaurante entalado e gostava de dizer aos meus netos que tinha subido a serra.

PLnauta disse...

Caramelos, isto agora é só carbono e outros elementos leves da tabela periódica .... eu carbono só na barriga.

Anónimo disse...

.. pelos comentários e os mails ... os trincas entraram no novo ano em grande forma ....pelo menos a teclar :)! Pronto, a responsabilidade dos atrasos é minha :)! Ele(o Hugo) tem feito grandes melhorias ... é muito persistente! .. agora já não chega atrasado porque tem despertador novo há uns anos ..:)... Pareceu uma grande volta! Serra da Estrela? Qd é isso?
Abraço,
Tiago