04 dezembro 2010

A Solo em Monsanto, 4/12/2010 com 4,5ºC de temperatura

A companhia faltou, uns tinham de passar a ferro, outros de aspirar a casa, outros de ir levar os filhos a circo, enfim, responsabilidades legítimas que dignificam bons pais e mães de família. Eu é que, por ser irresponsável ou não ter mesmo nada que fazer (como sabem isto depende sempre do observador – Einstein, teoria da relatividade aplicada aos casados/juntos),  não me faltou a vontade para às 8.30h sair de Alfragide montado na bicla a caminho de Monsanto.
Não vou falar do frio, só me atrevi a verificar a temperatura às 10.30h e estavam 4,5 °C.  Tudo se ia aguentando, mas os dedos dos pés e mãos, embora constasse que lá estavam e continuassem a funcionar, pelo menos nos travões, eu não os sentia.

Com o tempo lá começaram a aparecer uns enregelados ciclistas e corredores, para fazer alguma companhia. Fiz tudo a que tinha direito, todas as subidas, algumas em duplicado, lama quanto baste e foi assim que por volta das 11.30h, já com 37Km nas pernas, cheguei a casa para o desejado banho quente. Não foi mau, mas isto é melhor com companhia.
Adeus, vou pró lume

5 comentários:

Rui disse...

João
Não te queixes que existe quem tenha ido correr 12km às 7h da manha

Rui disse...

João
Não te queixes que existe quem tenha ido correr 12km às 7h da manha

João Tremoceiro disse...

Rui, tinha percebido à primeira. Mas também te digo que a correr a corrente de ar é menor, custa menos.

Pirex disse...

É pá... o Rui colocou um coment no sitio certo???? grande upgrade eh eh eh.
Abraço
Pirex

Anónimo disse...

Bem ... isso é que é vontade!
Agora já percebemos a forma!
Abraço,
Tiago