20 outubro 2008

Queimar borracha em Belas

Aos poucos a malta vai reagrupando, alguns estão ainda a contas com lesões, outros procuram ganhar forma noutras paragens mas o que interessa é que a malta não pára. A chamada para este fim de semana levou-nos a Belas. Éramos quatro Trinca Pedras, três dos quais fundadores, pedalar com esta gente é um previlegio ao qual não podia faltar.

O tempo ameaçava enregelar os ossos por algum tempo mas o Boss rápidamente se encarregou de contrariar essa tendência e levou-nos por umas subidinhas cheias de pedra, só para aquecer.
O André (Bip Bip) e o Nuno Luz (Lights), nunca tinham pedalado por estas paragens, por isso e porque lhe está nos genes, o André metia a roda em tudo o que se parecia com um trilho de BTT, esta zona de Belas é propicia a descobertas e ele não se fez rogado.
A volta já se vai tornando familiar mas aquele trilho desde o alcatrão até ao túnel parece sempre novidade, é dos trilhos mais loucos que conheço, a inclinação é propicia a velocidades interessantes mas a pedra torna tudo muito duro e stressante.

À saida do tunel o André arranjou maneira de se divertir mais um pouco, pedalou no sentido ascedente alguns metros para poder curtir (sob o olhar atento do Boss) uma descida que lhe aguçava o apetite. Fomos rolando ao ritmo do nosso lema ”...sem pressa de chegar”.

Com tanta pedra foi com naturalidade que surgiu o primeiro furo, o comtemplado foi o André , a sorte é ele ter um pneu que se desmonta apenas com as mãos! O problema foi perceber qual o sentido certo para montar o pneu, sim, os pneus devem ser montados num determindado sentido. A assembleia reuniu, cada um com o seu palpite e, como não se chegou a nenhum consenso, o dono montou o pneu traseiro a seu gosto, estava na hora de descer e a paragem já ia longa.

Quanto dista das fotos anteriores para as fotos abaixo? Pouco mais de 500 metros, é verdade leram bem foi apenas fazer a descida e puf furo na mesma roda.
O Lights bem tinha avisado para certificarmos que o pneu não tinha nada, como ninguém ligou ele próprio acabou por encontrar o pico que havia furado duas camâras de ar em tão curto espaço de tempo. Para retirar o idesejavél intruso, o Bip Bip recorreu a uma técnica invulgar, ou isso ou pretende mudar o nome do grupo para Trinca Borracha. Com estes exemplos não admira que os mais novos trinquem tudo o que é colega.
Reuniu-se novamente a assembleia para tentar concluir qual a direção correcta para montar o pneu. Face ao comentário do Boss de que o pneu da frente roda em sentido contrário ao de trás, montamos o pneu e seguimos. (se alguém puder esclarecer, de preferência com ilustrações, envie um email p.f.f.).
Entramos na segunda parte do percurso riolando por cima do aqueduto antes de entrar naquele trilho lindo ladeado por vegetação, sempre ao lado do campo de golfe.
O singletrack é mesmo lindo, rápido, verde, com alguma pedra, o Light estava a gostar mas...outro furo, desta vez era a roda da frente, do André, é verdade três furos em 3km é obra. Não admira o homem só anda com camâras de ar remendadas por ele!!!! Desta vez não houve assembleia foi montar e andar.

Rolamos ao som dos tiros dos caçadores por uns km, o GPS levava-nos no trilho certo e a malta estava a divertir-se. Passamos pela pista de freeride e depois apanhamos o último singletack da volta.
Para azar meu e deleito do resto da malta furei a 500m do carro!! Por sorte tinha obeservado com atenção todas as técnicas usadas anterioremente, sem excepção, agora era só por em práctica as mesmas sob o olhar atento dos fundadores. Como não se contentaram com o meu furo ainda me desmontaram os apertos rápidos só mesmo para assustar.

A volta foi muito boa, sob o sol quente de Outono, a um ritmo ideal para pôr as conversas em dia. Resta agora esperar pelo regresso de todos para descobrir novas paragens.

Até lá, boas trincadelas!

4 comentários:

JT disse...

O Hugo esqueceu-se de dizer que furou porque se cruzou com uma "senhora", sózinha, a fazer BTT num trilho bem duro.
Atrapalhou-se .....

Pirex disse...

Boas, mais um dia sem pedalar. Que invejoso eu ando... :) abraço a todos e continuem. Amalta da Galega tb fez uma volta saloia e andaram á procura de novos trilhos. Espero que o Brites tenha feito uma grande volta em Idanha.

Pirex

Férias disse...

Ela é que pôs o pico no meu pneu s+o para ter motivo para lhe pedir a pinça!
Pirex quando voltas? A malta tem saudades.
Abraço

Pirex disse...

tb eu tenho, fui hoje ao médico e tenho mais 2 semanas de baixa...