22 abril 2013

Volta do Sobral no extremo sul

Amigos,

A volta de hoje já estava apalavrada desde a semana passada. Como terão visto neste blogue, tínhamos feito os troços desconhecidos relativos à primeira parte da Volta do Sobral.

O objectivo de hoje era simplesmente fazer o mesmo mas agora da volta completa. Tinha estado a verificar o percurso e como temos que ligar a Galega aos trilhos, havia uma parte na ida e na volta a acrescentar.

Eram 8 horas e poucos minutos quando nos pusemos a caminho. Alguns ausentes (que me parecem assustados com a hora marcada para estes passeios) mas de resto tínhamos um grupo bem composto. Eu, o João, o Nuno, o Leonel, O Zé, o JT e o Rui. Nada mau.

O JT já não aparecia há uns dias e se calhar por causa do sol, ressentiu-se… mas a festa foi dura. Saímos direitos à Cachoeira e na parte superior desta entramos no trilho. Esta primeira parte é já um clássico da Galega. E de repente demos connosco a descer uma rampa que tradicionalmente sempre fizemos a subir.







 Depois foi meter por um caminho novo e subir até Arranhó de baixo. E aqui tivemos um dos momentos do dia. Não, ninguém se esbardalhou. Encontramos um single track tremento. Só que desta vez foi sempre a subir. Mas todos percebemos que vamos voltar para o descer. Chamada de atenção para uns amigos que temos por ai, a Galega está a ficar cheia de singles tracks eh eh eh.
Essa subida havia de nos levar à Alrota


 Não tá fácil...
 Malta, estou 1 kg mais leve... foi o que ele disse...
 O Rui a briefar a volta que vai fazer a Santiago de Compostela... achei-o algo apreensivo...Parece que vai rezar... muito :)









 Aqui visitamos brevemente um dos fortes da Linha de Torres. E logo o segundo momento do dia. Novo single track (agora a descer). Quando o terminamos, diz o JT – porque é que estão todos com um sorriso na cara? Sem palavras.


 Imaginem que temos passado aqui várias vezes e nunca demos por aquilo atras do Zé...
 Rumamos à direita num caminho de pedras e fomos pegar no single track do Boição. Não podia haver manhã melhor… Sol, o cheiro da primavera com as Madresilva em pleno, os singles tracks e o raio do Boição cheio de água o que permitiu uma fotos à cascata.



 A nova amiga do Leonel. Ela sabia que ele estava a precisar de atenção :)

 e gira ainda por cima...
 Depois disto foi a parte estupida do dia. Caminhos novos, mas já num raio de acção que nos afastavam muito e havia que regressar. Ainda deu para descobrir coisas mas teremos que lá voltar para nos certificarmos da oferta.


 O JT ainda consegui partir a corrente e trazia uns elos do tempo em que comprou a bike… tavam a precisar de manutenção também eh eh eh








 O regresso foi feito pelo nosso “single track de Bucelas” que a bem dizer termina na Bemposta. Só que hoje começou aqui e fizemo-lo sempre a subir.







 E como a coisa não podia acabar sem lama ainda houve tempo para atravessar um pântano. Alguns tinham lavados os sapatos na Bemposta, acabaram por enche-los novamente de lama . Enfim as manhas perfeitas são assim.








Chegados à Galega, estávamos todos tão “mamados” que cada um seguiu o seu caminho sem trocar palavra. Bem, não foi bem assim mas é uma boa imagem para o estado da tropa.
Diz o gps do Rui que foram algo como 50kms e 1200 metros de acumulado. Bem pode até ter sido ao lado mas eu senti a cena.

Vejam os dados aqui

Abraço
Pirex


6 comentários:

João Pires disse...

Maravilhoso.

Nuno Vilhena disse...

Aquele single track acabou de ser colocado no TOP ten Saloio, como é possivel ainda aparecer perolas destas por estes lados, esta zona é realmente excelente para o BTT.

Abraços

Nota: a Tânia vai descer este ;-)

Joao Tre disse...

Grande reportagem. Nao falta nada.

Tânia disse...

Epa!! Eu aqui a ressacar trilhos e pedaladas e vocês com umas fotos destas...
Vão repetir não vão??? vá lá!!
A azia de não ir já não é fácil de gerir, com reportagens destas nem vos conto!!!
Parece ter sido uma excelente volta!
O Nuno vinha de barriguinha cheia :)

Pirex disse...

@Tania, tá garantido. este é para voltar até ficarmos todos satisfeitos :)

Leonel Alegria disse...

Foi bastante bom. Durinho. Estava um pouco em baixo de forma mas gostei bastante. Falta saber qual foi a altimetria acumulada. Certamente a repetir.