21 dezembro 2009

Véspera de Natal 2009

Caros amigos, desta vez o JT desafiou-nos para trilhar Monsanto em dia de frio. E frio é mesmo assim. Saímos da Galega com -1,5 graus e as perspectivas não eram famosas. Mas lá fomos.
Chegamos ao Monte Verde ás 08.45 e temperatura tinha subido para 2 graus. Entretanto chega o Rui a reclamar que já tinha dado não sei quantas voltas ao bilhar grande e cheio de stress. Logo a Seguir o JT também a pedalar.
Lá fizemos o aquecimento e um pequeno briefing para decidir o que fazer. E a opção foi fazer um city tour.
Descemos Monsanto em direcção a Algés e fomos até á Torre de Pisa. Dai rumamos junto ao Rio até Belém. O descampado e o vento forte que se sentia na altura deixou-nos completamente gelados.
Fomos então provar uns pastéis de Belém e dai subimos ao Parque de Monsanto por cima do Restelo. Infelizmente as cunhas do JT já não funcionam e não nos deixaram entrar neste pequeno parque. Um gajo quando cai na miséria é assim… Até os cães lhe mijam em cima eh eh eh.
Entramos de novo na mata e o frio já não permitia mais nada. Os maxilares não mexiam e articular as palavras tornara-se doloroso.
Não havia outra coisa a fazer se não ir para os carros e voltar para casa na esperança que todos os membros retomassem a circulação.
Volta pequena mas simpática para uma véspera de Natal.

As fotos do costume






















Um abraço e bom natal para todos
Pirex

3 comentários:

João Tremoceiro disse...

Ricos pasteis de Belem. Nunca foram tão bons.
Pois o pessoal da Galega ficou com frio e foi embora a pouco mais de meio da volta.
Onde já se viu, a Galega com frio!

Por mim acabei com 37Km e com os dedos dos pés gelados. Estiveram de molho 10minutos em água quente para recuperar.

Pessoal, é sempre um prazer. Bom Natal para todos.

Pirex disse...

JT, eu explico, é que quando andamos na Galega vamos equipados a rigor. Agora desta vez pensavamos que vinhamos para o bom tempo, mas lixamo-nos.
Mas valeu
Abraço
Pirex

Brites disse...

Estes gajos não me podem apanhar fora de LX que vão logo espetar-se nos pastéis de Belém...
Que grandes amigos voçês me sairam...
Abraço,
Ass: Trinca-Tudo