12 julho 2009

Mais um dia de tédio na Galega

Olá meus amigos,

Uma vez que estou a ficar sem ideias para planear umas voltas engraçadas para a malta, eu e uns quantos Galegos decidimos de forma extremamente original experimentar uns trilhos nessa zona tão pouco conhecida e explorada que se chama Póvoa da Galega.
O dia prometia muito sol e nada como começar cedo. Saimos ás 08.00 e eu prometi ao Zé que iamos apanhar uns figos. Azar houve quem lá chegasse primeiro (acho que foram os donos).
Como o ritmo imprimido estava a ser muito bom e ainda sobrava muito tempo, decidimos ir descobrir uma ligação de terra entre Dois Portos e Sobral de Monte Agraço. Por sorte houve uma prova que deixou bastantes marcas e é fácil encontrar os trilhos. Infelizmente a malta que organiza estes eventos está-se nas tintas para o ambiente e não recolhe a porcaria dos plasticos que usam para pendurar no arvoredo.
Será que quem está nos departamentos que legalizam estes eventos não pode colocar a regra de retirar este lixo?
Em frente, lá encontramos o que queriamos e acabamos por fechar mais um circuito. Este têm 40kms e 85% em terra. Tudo seria perfeito não fosse o Pirex furar. É as camaras de gel não safam tudo.
No fim acabamos com a média de 16,30 km/H e digo-vos que o ritmo está muito bom. Chegamos a casa quase a tempo de um segundo pequeno almoço :)
Junto uma fotos só para a coisa não ir a seco e para alimentar este blog que está outra vez muito morno...
























Abraço e não se esqueçam que em Setembro há Gerês.

Pirex

3 comentários:

Brites disse...

Póvoa da Galega??? Onde fica isso? é no Norte do Pais, certo???

Gerês, Gerês... Falta muito par aSetembro???

Abraço.

Ass: Trinca-Tudo

JT disse...

Vocês não têm defeso ?
Essa Galega não acaba?

Pois eu estou no defeso. À espera de uma contratação como a do Ronaldo.
Depois retomo. Mas é bom ver que à pessoal que não para .....

Abraço a todos.
JT

Pirex disse...

JT, qual defeso? voltas quando os caminhos estiverem cheios de lama e chover a potes para dizeres que ficas em casa?
que lastima...
Bem, um dia destes olhas para a tua bike e já a podes levar para aqueles encontros de bikes antigas :)

Abraço
pirex